Universal Studios Cingapura: O pequeno notável

Fundo Branco

É bem provável que você nem saiba que existe um Universal Studios em Cingapura. Inaugurado em 2011 no pequeno país, o parque faz parte do Resorts World Sentosa, localizado na ilha de Sentosa e que conta ainda com diversos hotéis, um parque aquático e um aquário, que abriga o maior oceanário do mundo.

O fato de ser só uma parte de um projeto maior talvez ajude a justificar a sua estranha escala. O parque inteiro tem somente 49 acres de área, cerca de 200.000 m², ou na linguagem da televisão, cerca de 20 campos de futebol. Pode parecer muito, mas é uma medida irrisória para esse tipo de empreendimento.

No meio do parque fica uma lagoa, circulada pelas 7 zonas temáticas – Hollywood, New York, Sci-Fi City, Ancient Egypt, The Lost World, Far Far Away e Madagascar. Basicamente, a parte sci-fi comporta uma atração dos Transformers, a egípcia conta com a fan-favorite Revenge of the Mummy, The Lost World é dividido entre Jurassic Park e… Waterworld, sim aquele filme com o Kevin Costner. Okay. Madagascar é Madagascar. E Far Far Away é a terra do Shrek, completa com um castelo e tudo.

Onde memes se tornam realidade.

O mais interessante, no entanto, é como o parque foi construído. A maioria das avenidas principais possuem um teto de acrílico, ajudando a amenizar a luz do sol e o calor, além da chuva, técnica similar à usada em partes do Universal Studios Japan. O resultado é uma sensação de claustrofobia e desorientação – ao menos no começo. Basta adentrar a área da lagoa que o parque se abre diante de seus olhos – bom, se abre na medida do possível.

A área de Hollywood.

Com o layout circular, é possível transitar facilmente pelo parque em sentido horário ou anti-horário. Imponente, o castelo de Far Far Away resta à esquerda da entrada do parque, através da avenida Hollywood, servindo como âncora visual, lhe ajudando a sempre se situar visualmente dentro do mapa.

É curioso ver um filme que nasceu da vontade de desconstruir os clássicos da Disney, reproduzindo os clássicos castelos que marcam o centro dos parques da empresa do Mickey. É possível até identificar pequenas técnicas de imagineering no palácio do ogro verde, como as janelas superiores sendo ligeiramente menores para dar uma sensação de maior altura e distância – técnica similar à usada para reproduzir Hogwarts nos Wizarding World of Harry Potter ao redor do mundo.

O Universal Studios Cingapura conta com 24 atrações – 18 originais ou especialmente adaptadas para o novo parque. Entre os destaques está Battlestar Galactica: CYLON, a mais alta montanha-russa de duelo do mundo.

O Universal Studios Cingapura é um belo parque, um triunfo até dado a tão pequena área que tinha para ocupar. Para comparação, a Disneyland original, na Califórnia, tem 85 acres de área, o Magic Kingdom 105 e o Tokyo DisneySea – considerado o melhor parque Disney do mundo – conta com 176 acres de extensão. Até mesmo o similar e próximo Universal Studios Japan, em Osaka, é mais de duas vezes maior que seu par de Cingapura, com 108 acres de área – ainda antes da expansão do Super Nintendo World.

Ainda assim, é o único parque dessa dimensão no sudeste da Ásia e atraiu mais de 2 milhões de visitantes em somente os primeiros 9 meses de atividade. Existem melhores opções ali mesmo no continente, é claro, com os parques japoneses sendo os mais bem avaliados do mundo e a Disneyland Shanghai impressionando com sua escala e tecnologia, mas se você por algum acaso um dia visitar a pequena notável ilha de Cingapura, vale a pena conferir o também pequeno – mas não menos notável – parque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *